A Nilo Tozzo é uma empresa preocupada com o compartilhamento de informações relevantes.

Desenvolvido em 2003, o Novembro Azul ou “Movember” faz referência ao Dia Mundial do Combate ao Câncer de Próstata (17 de Novembro) e busca conscientizar os homens acerca de doenças exclusivamente masculinas, principalmente o câncer prostático.

Potencialmente prejudicado devido ao preconceito, o diagnóstico precoce do câncer de próstata poderia minimizar pela metade o número de mortes masculinas ocasionadas pela doença todos os anos. Além da conscientização acerca da prevenção de tumores prostáticos, o Novembro Azul busca difundir informações e incentivar discussões acerca de temas como depressão masculina, câncer nos testículos e cultivo da saúde do homem.

Câncer de próstata

O tumor de próstata é o 6º tipo de câncer mais comum no mundo, acometendo principalmente homens com faixa etária acima dos 65 anos. Este tipo de tumor se dá pela multiplicação celular exagerada na glândula localizada abaixo da bexiga masculina, envolvendo a porção inicial da uretra. A próstata desempenha papel fundamental na fertilidade, armazenando cerca de 70% do sêmen.

Apesar de extremamente comum, o câncer de próstata é difícil de prever. Entenda:

De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), alguns fatores de risco na manifestação de tumores prostáticos são:

  • Antecedentes familiares (principalmente envolvendo pai ou irmão);
  • Alimentação desequilibrada;
  • Sedentarismo e obesidade;
  • Altas taxas de estrogênio;
  • Nível de poluição ambiental.

Sintomas e diagnóstico

A “prevenção” do câncer de próstata é uma incógnita, pois não é possível prever as causas de sua manifestação. Recomenda-se, entretanto, a realização de exames médicos anuais para um diagnóstico precoce e que facilitará o tratamento. Além de realizar exames de rotina como o PSA e o exame de toque – disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para homens com mais de 50 anos –, recomenda-se ficar atento a sinais como:

  • Dificuldades ao urinar;
  • Frequência urinária alterada;
  • Percepção de nódulos ao toque.

Ao observar qualquer alteração, o paciente deverá recorrer a um clínico ou urologista, que recomendará a realização de exames médicos adequados. Dentre estes, destaca-se a necessidade do toque retal, frequentemente ignorado pelos pacientes.

Tratamento

A detecção precoce e inicial de tumores de próstata aumenta a chance de cura independente da idade do paciente. Os tratamentos são decididos pelo médico oncologista responsável de acordo com o tipo e estágio da doença. Estão entre as possibilidades:

  • Tratamentos locais (cirurgia, radioterapia);
  • Tratamentos sistêmicos (quimioterapia, terapia hormonal, terapia alvo).

A decisão acerca do tratamento selecionado será baseada, também, nas reações e estado de saúde geral do paciente. Além da equipe de oncologia – cirurgiões, médicos e radioterapeutas –, profissionais como psicólogos, terapeutas, nutricionistas, enfermeiros e assistentes sociais também poderão estar ativamente conectados ao processo.

A quem lida com a situação

Para 2018, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) prevê o surgimento de mais de 68mil novos casos de câncer de próstata. Se detectado precocemente, as chances de cura são de 90%.

Se você possui mais de 45 anos, consulte o Sistema Único de Saúde de sua cidade para a realização anual dos exames preventivos, disponibilizados gratuitamente.

Facilitando a discussão

Vencedor de três Oscars, “O Clube de Compras Dallas” (2013) é dirigido por Jean-Marc Vallée e narra a história do eletricista Ron, diagnosticado com Aids no meio da década de 80. Com uma linguagem sensível e divertida, o filme gera reflexões sobre o preconceito masculino acerca de temas relacionados à própria saúde. O filme está disponível na Neflix.